"Paixão que Supera o Tempo"

(11) 4102-7782 | (11) 95883-4567 | (11) 97454-5604

Não é cadastrado? Cadastre-se
Recuperar minha senha

Curiosidades Históricas da ACDB

1907
  • Idealização e Fundação
  • Idealizado e fundado por Alberto Santos-Dumont em 27 de setembro de 1907 na cidade do Rio de Janeiro, o Automóvel Clube do Brasil é o primeiro clube brasileiro criado para atender as necessidades dos primeiros proprietários de veículos do nosso país. Teve oficialmente seus documentos aprovados e reconhecidos como o Primeiro Clube de Proprietários de veículos automotores pelo Governo da Capital Federal em 1908, curiosamente na mesma data em que a Ford lançava mundialmente o primeiro veículo fabricado em série, o FORD T. Dumont também foi o primeiro a trazer um veículo a combustão e pneus de borracha ao Brasil, um Peugeot Type de 3,5 HP, em meados de 1891. Com essas conquistas, ele foi além do precursor da aviação no mundo, também foi do automobilismo brasileiro.
  • 27/09/1907

1908
  • 1ª Prova Automobilística da América Latina – “Circuito de Itapecerica”
  • Com a chegada do francês, Conde Lesdaim ao Brasil, no início do ano de 1908, o qual já havia participado de provas automobilísticas pela Europa e Ásia, o desejo dos brasileiros em criar uma corrida automobilística aumentou. Assim, essa corrida foi idealizada pelo Automóvel Clube do Brasil e pelo Automóvel Clube de São Paulo (fundado 11 dias antes da realização da prova) que ficou internacionalmente conhecida como “Circuito de Itapecerica”, primeira prova automobilística da América Latina, em julho de 1908 no Parque Antártica, palco da largada e chegada da prova.
    O "Circuito de Itapecerica" teve cobertura nacional e internacional pelos repórteres que estiveram presentes, divulgando o grande vencedor, o paulista Sylvio Penteado com seu Fiat de 40 cavalos, atingiu a velocidade média de 50 Km/h que ele cumpriu em uma hora e meia o trajeto de 70 km.
    Foi também a responsável em promover os primeiros encontros de automóveis do Brasil, na floresta da Tijuca-Vista Chinesa, bairro da Tijuca, Rio de Janeiro. O fato elevou a cidade ao nível das grandes capitais europeias
  • Vencedor da Prova: Conde Sylvio Penteado
  • 07/1908

1909
  • 1ª Competição na Capital Federal do Brasil (Rio de Janeiro) – “Circuito de São Gonçalo”
  • A multidão acompanhou a corrida nas ruas e na estrada.
    Em 19 de setembro de 1909 o ACB promoveu a segunda corrida do Brasil, no circuito de São Gonçalo no Rio de janeiro. O vencedor foi Gastão de Almeida com seu carro Berliet, que percorreu 42 km em 1 hora e 05 minutos, com média de 38,8 km por hora, margeando a linha férrea do bairro de neves até a Fazenda do Engenho, no recém emancipado município de São Gonçalo.
    No final da década, considerou-se uma fase de ouro, pois eclodia uma verdadeira revolução nos transportes, marcada pelo surgimento da aviação e a chegada em grande quantidade dos primeiros automóveis na capital brasileira.
  • 19/09/1909

1911
  • OS PRIMEIROS MOTORISTAS DO PAÍS
  • Em 1911, a Capital Federal já possuía 908 veículos. A frota de veículos crescia e surgiu a necessidade de novos motoristas, os chamados Chauffer. O Automóvel Clube do Brasil traz então os primeiros profissionais da Europa. Eles ensinaram a profissão a seus colegas brasileiros e também para os mecânicos. A partir daí, apareceu a primeira Auto Escola e as oficinas do país.
  • Veículo do Automóvel Clube do Brasil. Nele, estão: Gastão de Almeida, J. Freitas, Vasco Abreu, A. Costa, A. Barbosa e o escritor português Carlos Malheiro Dias.
  • 1911

1916
  • 1º Congresso sobre Trânsito e Transportes no Brasil
  • Em 1916, se realiza o primeiro congresso de estrada de rodagem do Brasil, que tem em suas resoluções a construção da Avenida Niemeyer no Rio de Janeiro.
  • 1916

1923
  • Primeiras exposições de Veículos do Brasil
  • A 1ª exposição de Automóveis no Brasil também foi idealizada pelo ACB. Realizada em São Paulo com início no dia 13 de outubro de 1923. O presidente Washington Luís e o governador do estado de São Paulo, cortam a fita inaugural no Palácio das Industrias, no Parque D. Pedro.
  • 13/10/1923

1925
  • Primeiras exposições de Veículos do Brasil
  • Já de 1º a 16 de agosto de 1925 o ACB realiza a 2ª Exposição de Automobilismo e Estradas de Rodagem, sendo a primeira do Rio de Janeiro. O evento foi um sucesso e atraiu milhares de pessoas.
    Na mesma época, o ACB promoveu a 1ª prova de resistência para caminhões como parte das atrações da 1ª Exposição do Rio. O vencedor do percurso de 23 km foi um Caminhão Saurer, carregando 5.500 kg.
  • 01/08/1925

  • Primeiras exposições de Veículos do Brasil
  • O evento teve a participação da Ford, General Motors, Chrysler, Gray, Packard, Hudson, Itala, Lancia e Voisin.
    A Exposição de 1925 utilizou as instalações da de 1922. Assim, os pavilhões da Itália e Portugal de 22, localizados na esquina de Presidente Antônio Carlos e Presidente Wilson, abrigou este evento, que certamente gerou muita conversa e curiosidade no bucólico Rio de Janeiro de 1925.
    Para a exposição, a Ford montou uma linha de montagem inteira em pleno centro do Rio de Janeiro. Lá produziu ao vivo os seus Modelos T.
  • 01/08/1925

  • LANÇAMENTO DA REVISTA ACB
  • Em abril de 1925, acontece o lançamento da revista do Automóvel Clube do Brasil, sendo uma das primeiras revistas especializadas em automobilismo no Brasil e no mundo.
    A edição de junho de 1928, tem como reportagem de capa a Construção dos primeiros e modernos postos de gasolina do Automóvel Clube do Brasil na Capital Federal, que além do abastecimento prestava serviços como lavagem e lubrificação.
  • 03/1925

1926
  • FILIAÇÃO - FEDERAÇÃO INTERNACIONAL DE AUTOMOBILISMO (FIA)
  • Em 1926, o Automóvel Clube do Brasil, filiou-se à FIA – Federação Internacional de Automobilismo. A partir daí, tornou-se responsável pelas provas automobilísticas do país até meados do ano de 1970.
  • 1926

  • Rio Petrópolis
  • No dia 13 de maio do mesmo ano, foi inaugurada a primeira estrada pavimentada criada pelo ACB – Rio Petrópolis.
  • 13/05/1926

1928
  • 2ª exposição de carros no Rio
  • Em maio de 1928, aconteceu a 2ª exposição de carros no Rio. O presidente do país, Washington Luís, foi eleito o presidente de honra da mostra.
  • 05/1928

1929
  • Exposições automobilísticas foram interrompidas
  • As exposições automobilísticas foram interrompidas a partir de 1929. A euforia dos anos 20 terminou abruptamente com o crash da bolsa de Nova York. Neste ano, o Palácio das Indústrias não abriu as portas.
    Neste período, o Automóvel Clube se firmou como a principal entidade automobilística do país, passando a reger até mesmo as normas de trânsito.
    Além disso, o ACB estava presente também em diversos setores que iam desde o socorro mecânico aos serviços de guincho para os seus associados.
  • 1929

1933
  • CIRCUITO DA GÁVEA
  • Em 08 de outubro de 1933, o ACB criou o 1º Grande Prêmio da cidade do Rio, batizado de “Circuito da Gávea”. Com ele, o país entrou na agenda das grandes competições Internacionais.
  • A era das grandes corridas começou com esse Circuito, que foi classificado como Grande Prêmio da cidade do Rio de Janeiro. Nele, foi estabelecido pela primeira vez as normas técnicas de uma verdadeira competição internacional.
    O vencedor foi o piloto, Manuel de Teffé, que percorreu 232 km em 3h e 11 min.
  • 08/10/1933

1936
  • GP – GRANDE PRÊMIO SÃO PAULO
  • O Automóvel Clube do Brasil em parceria com o Automóvel Clube Paulista realizou o primeiro GP São Paulo, em julho de 1936.
    O trajeto que tinha início na Av. Brasil, passava pelas seguintes vias: R. Canadá, R. do Chile, Av. 9 de julho , R. Estados Unidos, retornando até a Av. Brasil. No total, o GP contava com 60 veículos.
  • 07/1936

1939
  • 1ª PROVA INTERESTADUAL BRASILEIRA
  • O Automóvel Clube do Brasil realiza em abril e maio de 1939, a primeira prova interestadual do Brasil, batizada de “RALLYE INTERESTADUAL PRESIDENTE GETULIO VARGAS”.
    A prova era passar por 17 estados brasileiros, que na época tinha uma malha de estradas de rodagem por volta de 258 mil km.
  • 05/1939

1940
  • AUTÓDROMO DE INTERLAGOS
  • Em maio de 1940, a edição do ACB publicou a reportagem sobre a inauguração do autódromo de Interlagos. O circuito era feito em duas provas. Uma preliminar de motocicletas e outra de carros de corrida.
  • 05/1940

1950
  • ANOS 50
  • Nos anos 50, o Automóvel Clube do Brasil, passa a exercer várias atividades. A entidade assume diversas responsabilidades e serviços além de continuar a ser responsável pelas provas automobilísticas do Brasil. Entre suas atuais tarefas estava por exemplo ser responsável pelas importações dos automóveis, emitir a permissão para dirigir, socorro mecânico e de guindo, além de muitas outras atividades.
  • 50's

1951
  • AUTÓDROMO DE INTERLAGOS
  • Mais de 10 anos depois, em 1951, Interlagos foi palco da primeira corrida de longa duração: “24 horas de Interlagos”. O Automóvel Clube do Brasil iniciou a partir daí a divulgação internacional da prova.
    O Autódromo já era uma realidade. Seu traçado foi elogiado e reconhecido como um dos melhores do mundo.
  • 1951

  • Presidente Getúlio Vargas
  • O Presidente Getúlio Vargas que volta ao poder em 1951, assume importante papel ao prestigiar o automobilismo e também as corridas do circuito da Gávea.
  • 1951

  • Rodovia Presidente Dutra
  • Em 1951, acontece a inauguração da rodovia Presidente Dutra. Quem inaugura a estrada em Lavrinhas é o então presidente Dutra.
  • 1951

1952
  • Presidente General Sylvio Santa Rosa
  • No ano seguinte, em 1952, surge o movimento renovador do ACB, que elege para presidente o General Sylvio Santa Rosa.
  • 1952

1953
  • VILA AUTOMÓVEL CLUBE E AUTÓDROMO DE JACAREPAGUÁ
  • Em 1953, começa a construção da Vila Automóvel Clube, em Nova Iguaçu (RJ). Em paralelo, eram erguidos também mais dois autódromos: o de Adrianópolis também em Nova Iguaçu e o autódromo de Jacarepaguá.
    Entre corridas e congressos de estradas, o ACB ia ganhando adeptos cada vez mais. O clube se sobressaiu como o maior clube do Brasil já que chegou a contabilizar 500 mil sócios.
    A revista do ACB tornou-se a publicação com a maior penetração no país, sendo distribuída em todo Brasil.
  • 1953

1956
  • MIL MILHAS BRASILEIRAS
  • Em 1956, foi promovida a primeira edição da corrida Mil Milhas Brasileiras. Esta prova virou um marco no automobilismo nacional.
    A largada foi dada à meia noite do dia 24 de novembro de 1956. As 201 voltas no antigo traçado de Interlagos, totalizavam exatamente mil milhas, ou seja, 1.609 km.
    Os vencedores foram os gaúchos: Catarino Andreatta e Breno Fornari.
  • 24/11/1956

1957
  • 50 Anos
  • Automóvel Clube do Brasil comemorou em 1957 cinquenta anos. O presidente da República, Juscelino Kubitschek e outras autoridades, como prefeitos e governadores compareceram ao almoço.
  • 1957